sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

PASTORAL CARCERÁRIA SE REUNE COM ARCEBISPO DE ARACAJU

Na tarde da quinta-feira, 28 de dezembro, o coordenador da Pastoral Carcerária do Regional NE3 e do Nordeste, Carlos Antonio de Magalhães - Magal, a coordenadora da PCr da Arquidiocese de Aracaju e do Estado de Sergipe, Maria Rita Bizerra Lopes, e a agente de pastoral e membro do Colegiado da PCr Ana Lúcia dos Santos, estiveram reunidos com o Arcebispo Metropolitano Dom José Palmeira Lessa, na Cúria Arquidiocesana de Aracaju.
Entre os diversos assuntos colocados foram evidenciados problemas existentes em algumas unidades, tais como no Presídio Feminino - PREFEM, situado no município de N. S, do Socorro -SE, onde as visitas passaram de semanais para quinzenais, prejudicando a evangelização, bem como no Complexo Penitenciário Advogado Antonio Jacinto Filho - COMPAJAF, município de Aracaju - SE, onde o número de internos que frequenta as reuniões é mínimo e aleatório em função das restrições impostas ao acesso dos mesmos, bem como devido ao impedimento da Pastoral de fazer o chamamento nos pavilhões. O Senhor Arcebispo irá enviar uma correspondência à Secretaria de Justiça e Defesa do Consumidor de Sergipe informando sobre a situação e solicitando que sejam adotados procedimentos que facilitem e regularizem o trabalho da Pastoral Carcerária nestas unidades prisionais, inclusive com base na recente Resolução do CNPCP sobre assistência religiosa no presídios.


Foram também agendadas datas da celebração do Jubileu de Prata da Pastoral Carcerária de Sergipe, que acontecerá no dia 12 de agosto de 2012, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Grageru, bem como da visita ao presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador José Alves Neto, e ao reitor da Universidade Tiradentes, Joubert Uchôa. Com o presidente do TJ serão tratadas questões sobre a identificação dos agentes de pastoral e com o reitor da UNIT a viabilização de convênio para estágio de estudantes no trabalho pastoral, dentro do "Projeto Reformatório", daquela instituição. Outras datas para celebrações ficaram de ser agendadas posteriormente. 
Dom Lessa aproveitou para fazer o encaminhamento de algumas correspondências de internas do PREFEM, recebidas quando da Missa de Natal naquela instituição. 

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

MISSA DE NATAL NO CADEIÃO DE N. S. DO SOCORRO

Dentro da programação de Celebrações Eucarísticas de final de ano da Pastoral Carcerária de Sergipe em unidades prisionais, foi realizada a Missa de Natal da Cadeia Pública Territorial de N. S. do Socorro - SE, (Cadeião), presidida pelo padre José Farias dos Santos, diretor espiritual da PCr/SE, na tarde do dia 20 de dezembro.
Animada e participativa, a Celebração teve a presença de parte dos internos daquela unidade, que acompanharam o rito e os cantos junto com os agentes da PCr. Pela Pastoral Carcerária estiveram presente Magal, Rita, Nen, Graça, Bernadete e Cleide.



Após a Missa houve uma pequena confraternização com bolo e refrigerantes, sendo distribuidos mão a mão pelo diretor espiritual da PCr/SE. Em seguida a foto dos internos com os agentes da Pastoral Carcerária Nen e Bernadete, que visitam semanalmente a unidade, e a mensagem do padre Farias.



video

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

RETIRO ESPIRITUAL DA PASTORAL CARCERÁRIA DE SERGIPE

Aconteceu no fim de semana 16, 17 e 18 de dezembro, na Chácara São Francisco, São Cristóvão -SE, o segundo "Retiro anual da Pastoral Carcerária de Sergipe", que contou com 19 participantes. Iniciado na sexta-feira à noite, teve com palestrante na abertura o Padre José Farias de Sousa, diretor espiritual da PCr da Arquidiocese de Aracaju, que fez com que todos refletissem sobre sua vocação cristã, em especial neste trabalho pastoral.


No sábado pela manhã, o padre Rogério de Jesus Santana, da Paróquia Sagrada Família - N.S. do Socorro, delineou o Retiro a partir de Lucas 4, a "Unção do Espírito Santo". Na tarde e noite do sábado bem como na manhã do domingo foram feitas reflexões, desertos e partilhas dentro da temática apresentada. Os agentes de pastoral presentes avaliaram o Retiro como muito proveitoso, e que as Graças de Deus foram derramadas abundantemente em suas vidas. Participaram 14 gentes da Arquidiocese de Aracaju, 3 da Diocese de Estância, vindos da cidade de Tobias Barreto, e 2 da Diocese de Própria, vindos de N. S. da Glória.    

BOXEADOR VOLTA A LUTAR APÓS FICAR PRESO POR 20 ANOS

Veja matéria (vídeo) do Fantástico - Rede Globo, de 18 de dezembro, sobre boxeador preso injustamente nos Estados Unidos por mais de 20 anos e sua volta por cima.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

CONSELHO DA COMUNIDADE NA EXECUÇÃO PENAL DE SERGIPE ENTREGA RELATÓRIO DO CADEIÃO

Na sexta-feira, 16 de dezembro, o Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe, CCEP/SE, esteve na Vara de Execuções Criminais, no Fórum Olímpio Mendonça, em Aracaju, para entregar o Relatório de Inspeção da Cadeia Pública Territorial de N. S. do Socorro - SE, (Cadeião) ao juiz titular Dr.Hélio Figueiredo. O estabelecimento acolhe presos provisórios em regime fechado, tendo capacidade para 160 internos, e no momento a lotação era de 125 detentos. 


visita de inspeção à unidade prisional ocorreu na tarde do dia 14 de novembro de 2011, quando foi inicialmente preenchido um questionário padrão, que foi respondido em parte pelo diretor da unidade, além de quatro entrevistas pessoais com internos. 
Seguindo o roteiro sugerido na "Cartilha dos Conselhos da Comunidade", foram verificadas, avaliadas e relatadas questões ligadas à: infra-estrutura geral da unidade prisional; a situação do atendimento e dos encaminhamentos jurídicos; os atendimentos prestados: saúde, psicologia e serviço-social; as possibilidades e condições de estudo e trabalho; a situação das visitas e visitas íntimas; os relacionamentos da Casa com o Poder Judiciário e com a comunidade em geral; os aspectos administrativos e funcionais (número de funcionários, condicões de trabalho, etc); e a descrição das demais atividades efetuadas (reuniões, articulacões com a comunidade, convênios, etc). Ao final do relatório foram sugeridos encaminhamentos visando obter melhorias nos diversos aspectos observados, que não estavam de acordo com a "Lei de Execução Penal - LEP"  e as "Regras mínimas para tratamento do preso no Brasil". 
  Participaram da visita de inspeção na tarde do dia 14 de novembro de 2011 às instalações da Cadeia PúblicaTerritorial de N. S. do Socorro, os conselheiros José Raimundo de Sousa, Carlos Antonio de Magalhães, Givaldo Hipólito Dantas, Ana Luiza Meneses Silva, Ângela Maria de Carvalho Machado, Magna de Souza Mendonça e Evanilde de Sousa Ramos. 

sábado, 17 de dezembro de 2011

ARCEBISPO DE ARACAJU CELEBRA MISSA NO PRESÍDIO FEMININO


Na tarde da terça-feira, 13 de dezembro, no Presídio Feminino de N. S. do Socorro - SE (PREFEM), foi realizada pelo Arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, mais uma Celebração Eucarística de final de ano para as internas e funcionários daquela unidade prisional. Dom Lessa era esperado com alegria pelas detentas, que se fizeram presente na sua totalidade, cerca de duzentas internas, que receberam a mensagem de esperança deste Natal pelo nosso Arcebispo. A direção e os funcionários acolheram os visitantes e prepararam o pátio interno do Presídio com muito carinho para a celebração. A Pastoral Carcerária de Sergipe cuidou da liturgia, dos cantos, da integração do ambiente, e ao final foi entregue uma pequena lembrança a cada uma das apenadas. Para alegria de todos os presentes, no início da celebração duas internas ganharam a liberdade, e ao final mais uma, que receberam aplausos e abraços. Havia a expectativa de mais duas liberações até o final desta tarde abençoada.

Veja abaixo fotos do evento e um vídeo com Magal animando o ambiente após a missa com a participação das internas. 



video

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

CONHEÇA PROJETOS QUE APOIAM EX-PRESIDIÁRIOS NA BUSCA POR EMPREGO

Organizações oferecem cursos profissionalizantes e ajudam os ex-detentos a conseguir vaga no mercado de trabalho

O Profissão Repórter (Globo) exibido no dia 13 de dezembro mostrou a luta de ex-detentos para recuperar a vida longe da prisão. E registrou o trabalho da ONG Bem Querer, que oferece cursos profissionalizantes para os internos da Fundação Casa. Conheça outras organizações que dão apoio aos ex-detentos na luta por um emprego.

Veja esta reportagem na íntegra no site: http://g1.globo.com/profissao-reporter/noticia/2011/12/conheca-projetos-que-apoiam-os-ex-presidiarios-na-busca-por-emprego.html

sábado, 10 de dezembro de 2011

CONSELHO DA COMUNIDADE DE SERGIPE COMEMORA SEU QUINTO ANIVERSÁRIO

O Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe - CCEP/SE, comemorou na noite de terça-feira 6 de dezembro, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, seção de Sergipe (OAB/SE), em Aracaju, seu quinto aniversário como entidade jurídica (o órgão existe há mais de 20 anos), e aproveitou a oportunidade para apresentar à sociedade e representantes governamentais suas perspectivas e desafios para 2012. 
.


O presidente eleito em setembro passado, Sr. José Raimundo de Sousa, discorreu para os presentes propostas de criação da "Casa do Egresso" e ampliação do projeto de cursos profissionalizantes, bem como estruturação física do Conselho. Para isto tem feito diversos contatos para o estabelecimento de parcerias, com o poder público e com a iniciativa privada, tais como o Tribunal de Justiça e a Federação das Indústrias de Sergipe. 
Formado por mais de 21 entidades da sociedade civil e da Defensoria Pública – e na iminência de receber mais duas –, o CCEP busca realizar trabalhos que auxiliem egressos ou apenados a se reintegrarem à sociedade. “Já temos 500 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos na área de construção civil para os egressos”, apontou o presidente Raimundo de Souza.
Além de promover ações para quem está saindo dos presídios, o CCEP procura também desenvolver programas para quem ainda tem pena a cumprir. “Já temos um projeto agrícola pronto para o Cadeião, em Socorro. Isso contribui para que, lá dentro, eles se exercitem, se eduquem e tenham uma reintegração mais fácil quando saírem”, acrescenta o presidente.
Segundo Souza, o principal desafio para o ano que vem é não se ater a essas 500 oportunidades. “É ultrapassar isso com outros cursos fora da área de construção civil, bem como fazer a fundação da Casa do Egresso”, afirmou Raimundo (vídeo ao final da matéria). 


O vice-presidente, Sr. Carlos Antonio de Magalhães - Magal, apresentou os objetivos do CCEP, conforme seu estatuto, e os trabalhos realizados bem como os resultados alcançados este ano, que serviram como ponto de partida para a busca de novos desafios propostos pelo novo presidente. 
A seção sergipana da Loja Maçônica Grande Oriente do Brasil é uma das entidades que se aliarão ao Conselho. “Fomos convidados para indicar dois representantes”, informou o grão-mestre estadual da Loja, Lourival Mariano de Santana. “É fundamental tudo o que eles fazem para resgatar a auto-estima e a ressocialização dos presidiários. A Maçonaria também pensa dessa forma”, comenta Santana. 

video

Esteve presente representando o governador do Estado e o secretário de justiça e de defesa do consumidor, o Dr. Filadelfo Alexandre - secretário adjunto, e o presidente do Conselho Penitenciário do Estado de Sergipe, Dr. Gilson Gama - procurador da república.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

DILMA ENTREGA PRÊMIO DE DIREITOS HUMANOS À FAMÍLIA DE JUÍZA ASSASSINADA EM NITERÓI

Luciana Lima
Repórter da Agência Brasil 

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira (9) o direito à livre manifestação como fundamental para o fortalecimento da democracia. "Sabemos todos que a democracia política se fortalece com a democracia social. O Brasil só será um país realmente justo e desenvolvido quando todos nós, brasileiros, formos ao mesmo tempo livres para nos manifestarmos, livres para exercer a nossa cidadania e tivermos oportunidades iguais e direitos iguais", disse a presidenta na cerimônia de entrega do Prêmio Direitos Humanos 2011, no Palácio do Planalto.
 
O prêmio foi dado a 25 pessoas e entidades que se destacaram no combate a violações de direitos humanos. Um dos momentos tocantes da cerimônia foi quando a filha, Ana Clara, e a irmã, Simone, da juíza Patrícia Acioli, assassinada em agosto deste ano em Niterói (RJ), receberam das mãos da presidenta Dilma o prêmio na categoria Enfrentamento à Violência. A juíza, que atuava na comarca de São Gonçalo (RJ), desenvolvia um forte trabalho o crime organizado no Rio de Janeiro, foi morta a tiros, ao chegava em casa. 

A presidenta destacou ainda que o prêmio é importante também por significar o reconhecimento do Estado ao trabalho dos defensores dos direitos humanos. "É o reconhecimento do Estado brasileiro, porque vocês não só consideram importante a letra da Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas, mais importante ainda, vocês transformaram essa letra em realidade, transformaram o exercício dos direitos em algo tangível, em algo que afeta a vida e torna a vida, torna o nosso país mais civilizado, a nossa nação mais orgulhosa de si mesma." 

Edição: Nádia Franco

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

REUNIÃO DA COMISSÃO INTERSETORIAL DO SISTEMA PRISIONAL DE SERGIPE

A “Comissão Intersetorial para Estudo e Humanização do Sistema Prisional” realizou na tarde do dia 6 de novembro, terça-feira, mais uma reunião na Escola de Gestão Penitenciária de Sergipe (EGESP), sob a presidência de Tereza Carvalho, Diretora da Assessoria de Planejamento da Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa do Consumidor de Sergipe – SEJUC, com a participação da maioria dos membros constituídos.


A presidente discorreu sobre o documento por ela enviado para todos os membros da Comissão sobre as ações que vêm sendo desenvolvidas pela Secretaria, que foi comentado pelos presentes, em especial pelo Promotor de Justiça Dr. Luís Cláudio Almeida Santos, que citou os pontos positivos e negativos do documento, segundo a sua visão. A representante da Secretaria de Saúde do Estado falou sobre os passos dados no sentido da implementação do “Plano Nacional de Saúde do Sistema Penitenciário” em Sergipe, em conjunto com a Secretaria de Estado de Justiça e Defesa do Consumidor, no Hospital de Custódia - HCTP e Presídio Feminino – PREFEM, e das dificuldades para efetivar o plano nas demais unidades prisionais. A representante da Secretaria de Educação também informou que está sendo elaborado, com base em um decreto presidencial, um plano educacional para o sistema penitenciário no nosso Estado bem como os membros do Conselho da Comunidade na Execução Penal e da Pastoral Carcerária informaram sobre a realização de cursos profissionalizantes para egressos neste ano e a experiência adquirida. 


O promotor Luís Cláudio sugeriu à presidente constituir uma equipe para elaborar um plano de gestão conjunta, e que os membros da Comissão que se manifestaram sobre ações realizadas trouxessem por escrito na próxima reunião seus relatos e projetos, para serem incorporados a este plano de gestão, após as devidas discussões e adequação à realidade do sistema prisional sergipano. Ficou marcada uma próxima reunião para a primeira quinzena de janeiro de 2012, com data a ser definida posteriormente. 
Estiveram presente pela Pastoral Carcerária o coordenador regional NE3 e do Nordeste Carlos Antonio de Magalhães – Magal, e Maria Rita Bizerra Lopes, coordenadora do Estado de Sergipe; e representando o Conselho da Comunidade na Execução Penal o seu presidente José Raimundo de Sousa.     

domingo, 4 de dezembro de 2011

BRASILEIROS CUMPREM DEZ ANOS DE PRISÃO POR CRIMES QUE NÃO COMETERAM

Na semana passada, o Fantástico mostrou a história de Marcos Mariano da Silva, que é mais uma vítima de um erro judiciário e passou 19 anos preso.

Fonte: G1/Fantástico


“Eles me prenderam sem nem eu saber que eu estava condenado. Eu fiquei esses nove anos e poucos preso lá sem dever”, conta Osvaldo Marecelino. 
Condenado a 20 anos de prisão, acusado de um crime que não cometeu. Em 1992, Osvaldo Marcelino era dono de um bar, na cidade de Ponta Grossa, a 100 quilômetros de Curitiba. Em uma noite, um homem foi assaltado e morto em frente ao bar. Osvaldo foi apontado como mandante do crime. Ficou na prisão até 2001. 
“Eu acabei perdendo a minha esposa. Fiquei sozinho”, conta Oswaldo. 
Anos depois, o verdadeiro assassino confessou o crime. O poder judiciário do Paraná admitiu o erro, e ele foi solto. Mas quando Osvaldo deixou a prisão, sua vida já não era a mesma. 
“Por causa de um erro, estive pagando por uma coisa que eu não cometi”, conta. 
Em 2002, Oswaldo entrou na Justiça com um pedido de indenização. Este ano o pedido foi negado. Caso pior aconteceu em minas Gerais com Wagno Lúcio da Silva. 
O inferno na vida dele começou na véspera do aniversário de 33 anos, em 1997, quando saiu de casa para fazer compras. Ele foi preso acusado da morte de um taxista da cidade onde morava, Congonhas, a 70 quilômetros de Belo Horizonte. 
“Eu ouvi barulho de sirene. Aí quando eu encostei para dar caminho, eles pararam em cima de mim, jogaram minha compra pro chão,deram um murro, quebraram meu óculos. Aí ele já foi me chutando e me algemando. Aí eu falei: bom Jesus, eu nunca matei ninguém”, lembra. 
A polícia se baseou no depoimento de um adolescente que apontou Wagno como autor do crime. 

Confira está reportagem na integra no site: 

sábado, 3 de dezembro de 2011

ARCEBISPO DE ARACAJU CELEBRA MISSA NO PRESÍDIO DE SÃO CRISTÓVÃO - SE

Na tarde da quinta-feira, 01 de dezembro, no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto - COPEMCAN, em São Cristóvão -SE, foi realizada pelo Arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, a tradicional missa de final de ano para os internos e funcionários daquela unidade prisional. A missa foi concelebrada pelo padre Marcelo, da "Comunidade mar a dentro", de Minas Gerais, que esteve visitando a Arquidiocese de Aracaju, visando trazer sua comunidade para o nosso convívio. A Pastoral Carcerária de Sergipe cuidou da liturgia, dos cantos e da integração do ambiente.

Veja abaixo fotos do evento e a mensagem (vídeo) de Dom Lessa para a Pastoral Carcerária e para os internos sobre o "Tempo do Advento".




video


SERGIPE - LANÇAMENTO DA CAMPANHA NATALINA DO PROJETO AMIGUINHOS DA PM

Polícia Militar de Sergipe lança a III Campanha Natalina "Faça uma Criança Sorrir, dê um Presente de Natal" Projeto Amiguinhos da PMSE é o alvo da campanha. 

Dezenas de crianças com olhinhos brilhantes e atentos invadiram o Quartel do Comando Geral (QCG) na manhã desta quinta-feira, 1º, durante o lançamento da III Campanha Natalina da Polícia Militar de Sergipe "Faça uma Criança Sorrir, dê um Presente de Natal". Elas pertencem ao Projeto Amiguinhos da PMSE e vieram conferir de perto o apadrinhamento das lembrancinhas que cada uma escolheu como presente de Natal.  
                                  


Estiveram presente os parceiros do projeto, "Instituto Amigos da Inclusão Social", "Unimed Sergipe" e "Rotary Club Aracaju Treze de Julho".

Acesse a notícia completa no site "Plenário - a notícia agora" no endereço:

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

DETENTAS DO RECIFE FAZEM EXAME DE HIV E HEPATITE, EM AÇÃO DA PREFEITURA

Desinformação é ainda um dos maiores desafios no combate às DSTs. Agentes de saúde visitaram a Colônia Penal Feminina nesta quarta (30).

A desinformação é ainda um dos maiores desafios no combate às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Essa foi uma das constatações feitas pelos profissionais de saúde que foram ao Presídio Aníbal Bruno e à Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no Recife. A iniciativa da Secretaria de Saúde leva aos presos a oportunidade de fazer exames para detectar HIV e hepatite C, além de uma palestra orientando sobre essas doenças. Na visita ao presídio feminino, a médica e especialista em DSTs Iana Coelho conta que percebeu uma carência grande de informações por parte das detentas, fruto também do medo e do preconceito. "Elas se aproximam, algumas muito tímidas, para fazer perguntas. Existe um pouco mais de consciência sobre HIV, mas outras como sífilis e hepatite C são desconhecidas da grande maioria", explica.

Fonte G1 / PE

Veja a matéria na integra no endereço: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2011/11/detentas-do-recife-fazem-exame-de-hiv-e-hepatite-em-acao-da-prefeitura.html